Box-Top-Cart-ALP

Blog

Blog (283)

Com inscrições disponíveis até 25 de julho, concurso do TRT/SC selecionará para três vagas imediatas, além de formar cadastro reserva. Salários iniciais chegam a R$ 12,1 mil
 
O Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região (TRT 12), com jurisdição no Estado de Santa Catarina, divulgou edital de concurso público para o preenchimento de três vagas, além de formação de cadastro reserva.
 
Quem possui ensino médio pode concorrer ao cargo de técnico judiciário - área administrativa (1 posto + CR e salário de R$ 6.376,41).
 
Destinadas a profissionais graduados, as carreiras de analista judiciário oferecidas no concurso do TRT/SC são para as áreas administrativa (CR - R$ 10.461,90), judiciária (1 + CR - R$ 10.461,90) e judiciária - especialidade oficial de justiça e avaliador federal (1 + CR - R$ 12.180,99).
 
Os aprovados poderão ser lotados em qualquer unidade judiciária do Estado. Ao se inscrever, no entanto, será possível indicar a ordem de preferência para nomeação dentre 30 cidades disponíveis. São elas: Araranguá, Balneário Camboriú, Blumenau, Brusque, Caçador, Canoinhas, Chapecó, Concórdia, Criciúma, Curitibanos, Florianópolis, Fraiburgo, Imbituba, Indaial, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville, Lages, Mafra, Navegantes, Rio do Sul, São Bento do Sul, São José, Palhoça, São Miguel do Oeste, Timbó, Tubarão, Videira e Xanxerê. 
 
 
Concurso TRT/SC: inscrições e provas
 
O concurso do TRT/SC é organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). A banca recebe inscrições até 25 de julho, por meio do site www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/trtsc2017. As taxas custam R$ 90 para técnico e R$ 110 para analista. 
 
Em 27 de agosto, os participantes farão prova objetiva com 80 questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa, raciocínio lógico e conhecimentos específicos, além de redação entre 20 e 30 linhas. 
 
As avaliações serão aplicadas em Florianópolis, Blumenau, Chapecó, Criciúma, Itajaí, Joaçaba, Joinville, Lages, Mafra e Tubarão.
 
O concurso do TRT/SC terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do órgão, conforme estabelece o edital, disponível para consulta entre os anexos da notícia.
 
Atribuições do técnico judiciário no concurso do TRT/SC
 
Prestar apoio técnico e administrativo pertinente às atribuições das unidades organizacionais; executar tarefas de apoio à atividade judiciária; arquivar documentos; efetuar tarefas relacionadas à movimentação e à guarda de processos e documentos; atender ao público interno e externo; classificar e autuar processos; realizar estudos, pesquisas e rotinas administrativas; redigir, digitar e conferir expedientes diversos; e executar outras atividades de mesma natureza e mesmo grau de complexidade.
 
Concurso TRT/SC: atribuições do analista judiciário - área administrativa
 
Realizar tarefas relacionadas à administração de recursos humanos, materiais, patrimoniais, orçamentários e financeiros, de desenvolvimento organizacional, licitações e contratos, contadoria e auditoria; emitir informações e pareceres; elaborar, analisar e interpretar dados e demonstrativos; elaborar, implementar, acompanhar e avaliar projetos pertinentes à área de atuação; elaborar e aplicar instrumentos de acompanhamento, avaliação, pesquisa, controle e divulgação referentes aos projetos desenvolvidos; atender ao público interno e externo; redigir, digitar e conferir expedientes diversos; e executar outras atividades de mesma natureza e mesmo grau de complexidade.
 
 
Fonte: JcConcursos
Concurso Promotor SP divulga edital para 65 vagas!
O Ministério Público do Estado de São Paulo (Concurso MP SP) publico no Diário Oficial do órgão deste sexta-feira (9/6) o edital do 92º concurso de ingresso na carreira de Promotor de Justiça Substituto. O edital com o cronograma completo é aguardado para até o fim deste semestre. 
O salário para graduados em direito é de R$ 22.197,67.
 
A Defensoria Pública da União (DPU) abriu concurso público para 25 vagas de defensor público federal. O salário é de R$ 22.197,67.                                                                              
O candidato deve ter bacharelado em direito, estar inscrito na OAB, ter, no mínimo, prática de três anos de atividade jurídica e idade mínima de 18 anos completos na data de posse.
Os candidatos aprovados serão lotados e distribuídos pelo defensor público-geral federal, assegurado aos nomeados para os cargos iniciais o direito de escolha do órgão de atuação, desde que vago e obedecida a ordem de classificação no concurso.
 
As inscrições devem ser feitas no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/dpu_17_defensor, de 30 de junho a 25 de julho. A taxa é de R$ 200.
 
A seleção terá prova objetiva, provas dissertativas escritas, provas orais, avaliação de títulos, sindicância de vida pregressa e apuração dos demais requisitos pessoais. 
 
A prova objetiva e as provas dissertativas escritas serão realizadas nas capitais dos 26 estados da Federação e na capital federal.
 
A prova objetiva terá a duração de 5 horas e será aplicada na data provável de 24 de setembro, no turno da tarde.
 
Defensoria Pública da União (DPU)
 
Inscrições: de 30 de junho a 25 de julho
 
Vagas: 25
 
Salário: R$ 22.197,67
 
Taxa de inscrição: R$ 200
 
Provas: 24 de setembro
 
CONHEÇA AS TURMAS QUE PREPARA VOCÊ PARA ESSE CONCURSO: 
 
Modalidade Online:
 
 
Modalidade Presencial:
 
 
Fonte: G1
Sexta, 26 Maio 2017 10:33

TRE/RJ: formada comissão do concurso

Oportunidades do edital do concurso do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Janeiro (TRE/RJ) serão para os candidatos com níveis médio e superior. Iniciais de até R$ 10,6 mil
 
A presidente do  Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE/RJ), desembargadora Jaqueline Lima Montenegri, constituiu, na última segunda-feira, 22 de maio, a comissão que será responsável pelo novo concurso público do órgão. Agora, o próximo passo é confirmar o nome da banca organizadora, para que a publicação do edital possa ser feita até o início do segundo semestre, uma vez que a aplicação das provas está prevista para ocorrer entre agosto e setembro.  
 
No concurso do TRE/RJ haverá vagas para os cargos de técnico e analista judiciários. Ainda não foram revelados o número de postos e as especialidades de cada carreira, mas isso deve ser divulgado em breve.
 
Para concorrer ao cargo de técnico será necessário possuir ensino médio concluído, cujos salários iniciais correspondem a R$ 6.818,15 com o vale-alimentação de R$ 884. O posto de analista de destina a quem possui formação superior (diversas áreas são aceitas) e as remunerações pagas são de R$ 10.620,27 com o benefício. 
 
A comissão será presidida pelo analista judiciário Guilherme Hildebrandt Piscitelli e conta, ainda, com os analistas judiciários Deborah Nerlite Bulhões do Carmo,  Gilcea Saraiva de Oliveira, Mauricio da Silva Duarte e Odlan Villar Farias.
 
Um dos detalhes definidos é com relação ao valor das taxas de inscrição; para técnico custará R$ 65 e para analista R$ 80. A previsão é de que o concurso do TRE/RJ receba 50.000 inscritos, sendo 35.000 de nível médio e 50.000 com ensino superior.
 
Último concurso do TRE/RJ
 
Em 2012, o tribunal lançou edital com 19 oportunidades e, deste total, dez foram para técnico e nove para analista. A empresa contratada para organizar o processo seletivo foi o Cespe/UnB.
 
Todos os participantes foram submetidos a uma prova com 120 questões, sendo 50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos. Ainda houve um teste discursivo para algumas especialidades.
 
CONHEÇA A TURMA QUE TE PREPARA PARA ESTE CONCURSO: ANALISTA DE TRIBUNAIS 4 EM 1
As inscrições do concurso do Ministério Público do Trabalho (MPT) serão aceitas no período de 15 de maio a 13 de junho. Oferta é para profissionais com bacharelado em direito e, pelo menos, três anos de atividade jurídica
Sexta, 12 Maio 2017 10:35

TRE/RJ: Poderá agilizar concurso

Oportunidades do edital do concurso do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Janeiro (TRE/RJ) serão para os candidatos com níveis médio e superior. Iniciais de até R$ 10,6 mil
 
A posse da nova presidente do  Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE/RJ), desembargadora Jaqueline Lima Montenegri, na última segunda-feira, 6 de março, pode intensificar os preparativos do novo concurso público do órgão . No momento o processo está em fase de escolha da banca organizadora,  etapa prevista para ser concluída até o próximo dia 24 de março, sendo que a escolha ocorrerá por meio de dispensa de licitação.
 
A expectativa é de que o edital do processo seletivo seja lançado até junho, com provas sendo aplicadas entre agosto e setembro. Por isso, o órgão trabalha o mais rápido para dar andamento a este cronograma.
 
No concurso do TRE/RJ haverá vagas para os cargos de técnico e analista judiciários. Ainda não foram revelados o número de postos e as especialidades de cada carreira, mas isso deve ser divulgado em breve.
 
Para concorrer ao cargo de técnico será necessário possuir ensino médio concluído, cujos salários iniciais correspondem a R$ 6.818,15 com o vale-alimentação de R$ 884. O posto de analista de destina a quem possui formação superior (diversas áreas são aceitas) e as remunerações pagas são de R$ 10.620,27 com o benefício. 
 
Um dos detalhes definidos é com relação ao valor das taxas de inscrição; para técnico custará R$ 65 e para analista R$ 80. A previsão é de que o concurso do TRE/RJ receba 50.000 inscritos, sendo 35.000 de nível médio e 50.000 com ensino superior.
 
Último concurso do TRE/RJ
 
Em 2012, o tribunal lançou edital com 19 oportunidades e, deste total, dez foram para técnico e nove para analista. A empresa contratada para organizar o processo seletivo foi o Cespe/UnB.
 
Todos os participantes foram submetidos a uma prova com 120 questões, sendo 50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos. Ainda houve um teste discursivo para algumas especialidades.
 
CONHEÇA A TURMA QUE TE PREPARA PARA ESSE CONCURSO: TURMA ANALISTA DE TRIBUNAIS 4 EM 1
O Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro, que compreende a 1ª Região, já intensifica os preparativos para divulgar a abertura de concurso público (Concurso TRT RJ 2017) ainda este ano. No último dia 11 de abril, a comissão responsável pelo certame já se reuniu para tratar de assuntos referente ao edital que contará com oportunidades para nível médio e superior. A expectativa é que a organizadora seja conhecida em breve.

Número de vagas e especialidades que serão envolvidas no concurso ainda serão confirmadas pelo MPU. Cargos para níveis médio e superior, com iniciais de até R$ 10,1 mil

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo abre nesta segunda-feira (17) as inscrições do concurso público para 276 vagas para juiz substituto. O salário é de R$ 24.818,71. A Vunesp é a organizadora responsável pela seleção.
 
Os candidatos devem ser bacharéis em direito há pelo menos 3 anos e ter 3 anos de atividade jurídica, a partir da obtenção do grau de bacharel.
 
Do total das oportunidades, 5% são reservadas para pessoas com deficiência e 20% para negros.
 
As inscrições podem ser feitas de 17 de abril a 17 de maio pelo site www.vunesp.com.br. A taxa é de R$ 248,18.A seleção terá cinco etapas. A primeira será prova objetiva seletiva. 
 
A segunda consiste em provas escritas (discursiva e prática de sentença). 
 
A terceira terá inscrição definitiva, sindicância da vida pregressa e investigação social do candidato, exames de sanidade física e mental e avaliação psicológica. A quarta etapa será a prova oral. 
 
E a última etapa será a avaliação de títulos.
A prova objetiva será aplicada na data provável de 25 de junho e terá duração de quatro horas.
 
O concurso terá validade de 2 anos e poderá ser prorrogado, uma vez, pelo mesmo período.
 
 
Fonte: G1
 
Pagina 1 de 22