STJ suspende cumprimento de pena pelo princípio da insignificância

Segunda, 18 de Janeiro de 2021

Um homem que furtou objetos avaliados em R$ 55,10 teve o cumprimento da pena suspenso por decisão do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, que levou em conta os precedentes da corte sobre a aplicação do princípio da insignificância.

Palavras-chave: Notícia; STJ

Categorias