Box-Top-Cart-ALP

PF: escolha da organizadora entra na reta final

Sexta, 02 Maio 2014 10:08

O processo de escolha da banca organizadora do concurso para o preenchimento de 600 vagas de agente da Polícia Federal, autorizado pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) em 26 de março, está em fase de análise na diretoria de logística e a expectativa é de que nos próximos dias seja encaminhado para aprovação no Ministério da Justiça. Segundo informações obtidas junto a responsáveis pela divisão de concursos do órgão, a confirmação da data de publicação do edital depende apenas da celeridade deste processo.

Ressaltam que, embora a intenção seja publicar o edital em junho, caso a aprovação do Ministério não ocorra ainda nesta semana, a tendência é que a liberação do edital fique para julho. Explicam que o processo de aprovação no Ministério não possui um prazo definido e que, tendo em vista concursos anteriores, a liberação pode ocorrer em menos de uma semana ou levar mais de um mês, dependendo do parecer e da análise da documentação apresentada.
Para concorrer ao cargo é necessário possuir curso de nível superior em qualquer área de formação e carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A remuneração inicial da categoria é de R$ 7.887,33, incluindo salário de R$ 7.514,33 e auxílio alimentação de R$ 373, com jornada de trabalho de 40 horas semanais.
O concurso deverá abranger todos os estados. Porém, segundo responsáveis pela divisão de concursos, o edital deverá contar com algumas regiões consideradas prioritárias. A expectativa é de que sejam mantidas as indicadas no último concurso, de 2012, que foram Acre, Amazonas, Amapá, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Roraima.
Caso a publicação do edital ocorra em julho, a aplicação das provas, inicialmente prevista para agosto, deve ficar para setembro. A nomeação dos aprovados está programada para ocorrer no início de 2015.
Atribuições – Entre as atribuições do cargo estão executar investigações e operações policiais na prevenção e na repressão a ilícitos penais, dirigir veículos policiais, cumprir metas de segurança orgânica e desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa.
Último concurso – O último concurso para o cargo ocorreu em 2012, com oferta de 500 vagas. A organizadora foi o Cespe/UnB e a seleção contou com duas fases. A primeira foi composta de provas objetivas, exames discursivos, testes de aptidão física e avaliações médica e psicológica. Na segunda, os candidatos foram submetidos a um curso de formação profissional.
O conteúdo programático contou com temas sobre língua portuguesa, noções de informática, atualidades, raciocínio lógico, noções de administração, noções de economia, noções de contabilidade, noções de direito penal, noções de direito processual penal, noções de direito administrativo, noções de direito constitucional e legislação especial.     

Link: http://jcconcursos.uol.com.br/portal/noticia/concursos/concurso-vagas-policia-federal-agente-55452.html